18 de janeiro de 2021

Fresco e local – Plataforma francesa

O Ministério da Agricultura e Alimentação da França, em parceria com as Câmaras de Agricultura, lançou a plataforma  “Fresco e local” no dia 12 de janeiro de 2021.

O objetivo da plataforma é facilitar a identificação dos produtores das redes parceiras e seus pontos de venda, perto da casa dos consulmidores finais.

No momento 8.000 fazendas e pontos de venda direta, espalhados por toda a área metropolitana e em territórios no exterior francês, estão listados no site.

Este reúne outras plataformas parceiras: “Bienvenue à la Ferme“, Rede de educação agrícola, e a rede da Associação Francesa de Agricultura Profissional Urbana (AFAUP).

A plataforma permite localizar produtores e seus pontos de venda em um mapa e refinar a busca:

  • Por produto: frutas e vegetais; carnes e peixes, laticínios, bebidas alcoólicas e sucos, mercearia e outros
  • Por tipo de ponto de venda do produtor: venda na fazenda, ponto de retirada, loja do produtor, mercado do produtor, vendas apenas pela Internet.
  • Por redes de parceiros.

“Qualquer ato de consumo pode ser um ato cidadão, para apoiar os agricultores e produtores próximos de casa”, comentou Julien Denormandie, Ministro da Agricultura e Alimentação, destacando que produtos frescos e locais  “são o que que existe melhor para a nossa saúde e, muitas vezes, para a nossa carteira ”.

Acesse a plataforma: https://www.fraisetlocal.fr/

 

Saiba mais

Sobre produção sustentável de alimentos na Europa participando do Workshop Verakis – que acontece nos dias 25, 26 e 27 de fevereiro de 2021, no formato online.

Para conhecer, vivenciar, experimentar e ver de perto como a sustentabilidade no setor dos alimento tem evoluído, faça parte da Visita Técnica “Alimentos, Alimentação e Sustentabilidade”, de 19/09/2021 à 25/09/2021, em Parma, Milão e Bolonha – Itália.

Para saber mais sobre a alimentação na França participe da Visita Técnica “Alimentação e Gastronomia”, de 04/07/2021 à 10/07/2021, em Paris e arredores.

Imagem: abertura da plataforma “Frais et local”