18 de June de 2020

Os restaurantes conquistam as ruas de Paris

No dia 15 de junho algumas coisas voltaram à rotina na França, dentre elas os restaurantes parisienses, que abriram seus espaços internos novamente, ainda com as devidas precauções.

O Governo francês também suspendeu as restrições de fronteira, mas apenas para os viajantes da União Europeia. Por enquanto não se vê turistas pelas ruas de Paris, e poucos franceses, pois uma grande parte ainda trabalham de forma remota.

Alain Fontaine, o proprietário do bistrô Le Mesturet, próximo ao Museu do Louvre, diz estar aliviado com a reabertura e pensa que os restaurantes ainda não devem operar em plena capacidade, mas a a reabertura pode ajudar a evitar a falência. 

Apesar das inseguranças, esforços têm sido feitos e os restaurantes franceses não ficarão sem auxílio. 

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, anunciou há algumas semanas que diversas ruas da cidade poderão ser reservadas gratuitamente para a atividade dos restaurantes até setembro, ideia que muitos proprietários e sindicatos apoiam. 

O site Atabula listou 30 ruas parisienses e seus restaurantes, espalhados por mais de quinze distritos, que prometem trazer um novo perfume à Paris: o da boa comida na rua. 

No primeiro distrito, por exemplo, uma delas será a Rua Bailleul. 

De acordo com o site, “uma rua curta e estreita, muito pouco frequentada por carros. Quando o tempo está bom, seria perfeito para ficar quieto no coração de Paris. Dois endereços de renome: o Clover Grill do Chef Jean-François Piège (com destaque para carnes finas) e o Chez La Vieille, de Daniel Rose (da cozinha tradicional francesa).”

Confira os outros locais aqui.

Fonte: Site francês Atabula. Acessado em 17 de Junho de 2020.

Imagem: AnnaliseArt