19 de agosto de 2021

O farmacêutico e o alimento que a gente come

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia, que publicou a Resolução CFF n° 530/10 e CFF nº 538/10 compete ao farmacêutico a direção, o assessoramento, a responsabilidade técnica e o desempenho de funções especializadas exercidas em órgãos, empresas, estabelecimentos, laboratórios ou setores em que se realizem análises em alimentos, bem como a elaboração de laudos técnicos para estes produtos.

Além dessas atribuições, há a responsabilidade técnica  nas indústrias de alimentos, na fabricação/produção de açúcar, melaço e derivados; alimentos de origem animal e vegetal; bebidas alcoólicas e não alcoólicas; grãos e derivados; alimentos com alegações de propriedades funcionais ou de saúde; alimentos congelados; alimentos “light” e alimentos “diet”; alimentos para controle de peso; alimentos para fins especiais;; alimentos de transição para lactentes e crianças de primeira infância; alimentos para nutrição animal; dentre outros produtos da área.

Como alguém se torna farmacêutico ?

Esse profissional é formado em universidades públicas e privadas em um período de 4 a 5 anos dependendo da instituição. Por ser um profissional versátil, que estuda a composição de medicamentos, cosméticos e alimentos, ele pode trabalhar com pesquisa, teste de substâncias que entram na composição de remédios, cosméticos, alimentos e produtos de higiene pessoal, dentre outros.

Onde trabalha um farmacêutico ?

Ele registra drogas, distribui e comercializa os produtos e verifica se as normas sanitárias estão sendo cumpridas.

Em laboratórios de análises clínicas, faz exames para diagnóstico e acompanhamento de doenças e em farmácias, distribui medicamentos e prepara fórmulas tradicionais ou personalizadas.

Ele também pode trabalhar com Pesquisa e Desenvolvimento de produtos alimenticios, Gestão da qualidade de Alimentos, Implementação de Sistemas de Qualidade, dentre outros.

Nos hospitais é ele que formula e manipula as dietas parenterais.

Ou ainda formulam complementos alimentares.

Como se chama o farmacêutico pelo mundo:

Na França, pharmacien;

Na Italia, farmacista;

Na Espanha, farmacéutico

Em Portugal, farmacêutico.

 

É possível observar a amplitude dessa profissão nas mais diversas áreas e que apesar de ser um ofício antigo, é muito atual, que incorpora não somente a saúde, como também outras, como o setor dos alimentos.

Escrito por: Rebeca Novais Brandão, Embaixadora Verakis Conecta, Graduanda em Nutrição e Ciências dos Alimentos pela UFMT.

Fontes:

CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA. Dispõe sobre as atribuições e responsabilidade técnica do farmacêutico nas Indústrias de Alimentos. Resolução nº 530, de 25 de fevereiro de 2010, Brasília. Disponível em:

<http://www.cff.org.br/userfiles/file/resolucoes/530.pdf>. Acesso em: 23 jul. 2021.

CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA. Dispõe sobre as atribuições do Farmacêutico analista de medicamentos, cosméticos, saneantes, alimentos e produtos para a saúde. Resolução nº 538 de 29 de setembro de 2010, Brasília. Disponível em: <https://www.cff.org.br/userfiles/file/resolucoes/538.pdf> . Acesso em: 23 de jul. 2021.

https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/melhores-faculdades/farmacia-conheca-os-cursos-mais-bem-avaliados-do-pais/

Imagem de Clker-Free-Vector-Images