8 de janeiro de 2021

Incentivo e apoio aos circuitos curtos de alimentos – RMT

“Os circuitos curtos de alimentos não são novidade na França, e estão em plena renovação desde o final da década de 1990, sob o impulso de produtores, consumidores, atores econômicos e comunidades.

Uma forma de responder aos temores alimentares, diversificar as fontes de renda agrícola, oferecer uma alternativa à distribuição em massa ou mesmo impulsionar a economia local.

Muito mais do que métodos de comercialização, esses circuitos podem ser analisados ​​como curtas cadeias alimentares locais, reunindo produtores e consumidores no nível de uma mesma região, com um número limitado de intermediários.

A Rede Mista de Tecnologia (RMT) Alimento Local (Local Food), uma iniciativa financiada pelo Ministério da Agricultura da França, apoiada pelo  INRAE (Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica, Alimentação e Meio Ambiente – França), e filiada à ACTA (Associação dos Institutos Técnicos Agrícolas – França) reúne atores da pesquisa, treinamento e desenvolvimento,  e visa fornecer elementos de resposta e ferramentas aos produtores e organizações que os apoiam, às comunidades, às associações, às escolas agrícolas, dentre outros.

​Pilotada pela Federação Regional de CIVAM (Centros de Iniciativas para Promover a Agricultura e Zonas Rurais) da Bretanha,  a RMT está estruturada em 2 eixos e 4 grupos de trabalho com os objetivos seguintes :

  • Capitalizar o conhecimento disponível sobre as cadeias  curtas de alimentos e explorar temas importantes para seus atores, com a intenção de contribuir com o fortalecimento dessas cadeias para melhorar a sustentabilidade da agricultura, alimentação e desenvolvimento regional.

  • Treinar atores, transmitir conhecimento e ferramentas para uma integração bemsucedida nessas cadeias.​

  • Divulgar o conhecimento nesses canais, por meio de reuniões, sínteses, artigos destinados a profissionais e ao público em geral.”

 

As iniciativas do governo francês em parcreia com os instituos de pesquisas e associações são uma realidade no setor agroalimentar.

Saiba mais  sobre a RMT: https://www.rmt-alimentation-locale.org/rmt-presentation