29 de março de 2021

O sapo da boca grande – uma revista diferente

La Grenouille à Grande Bouche, revista francesa lançada em 2019, tem a ambição de explicar e apresentar a sociedade francesa por meio do que se come.

Segundo Louise Katz, editora chefe da revista a ideia eracriar uma revista que questionasse a sociedade e contasse as novidades pelo prisma da comida. A Covid demonstrou isso de maneira exemplar: a comida é um grande assunto da atualidade. Pode ser encontrada em todas as páginas de nossos jornais: sociedade, economia, política, meio ambiente e até cultura.”

O projeto da revista foi idealizado e atualmente é dirigido por Fanny Amand, gerente de restaurante e diretora culinária da revista, Louise Katz, editora-chefe da revista, e Nathanaël Simon, coordenador geral.

O nome, segundo Louise Katz,  foi inspirado pela famoso conto infantil “O sapo da boca grande” (“La Grenouille à Grande Bouche”), que conta a história de um sapo que está cansado de engolir moscas e deseja uma mudança de dieta.

“Queríamos criar um projeto que combinasse gostos e palavras, porque é o que todos temos na boca todos os dias. A aposta para nós era a reapropriação por cada um dos seus alimentos e dos seus meios de expressão. Fanny ficou impressionada com pessoas dizendo a ela que não sabiam cozinhar, como se isso fosse inevitável. Eu vi a mesma coisa no lado da escrita. Os bloqueios eram muito semelhantes. O interesse social em ambos os casos era grande. Daí nasceu a ideia de associar um restaurante e uma revista de culinária, ambos participativos. Para o restaurante, nos inspiramos em um modelo de Quebec, o restaurante Les Robin des Bois, um lugar incrível. Adaptamos para a revista e para o contexto francês.

O restaurante foi inaugurado em janeiro de 2020. Todos os dias, o chef e sua equipe recebem três voluntários na cozinha, enquanto outros quatro vêm para ajudar no serviço de mesa. Para a revista, lançada em fevereiro de 2019, uma equipe editorial aberta é regularmente organizada e permite que jornalistas participem da redação de artigos. Quase 1000 pessoas já compareceram para participar de nossas atividades. Para dar sentido a esta participação, La Grenouille redistribui seus lucros a associações socialmente úteis ao território. Dessa forma, participa de um ecossistema local virtuoso e trabalha coletivamente pela transição social e ecológica.”

“A ambição de “La Grenouille à Grande Bouche” é reunir todos na mesma mesa! Só porque não colocamos a mesma coisa em nossos pratos, não significa que não podemos falar sobre isso juntos. E só porque você é intolerante à lactose ou vegetariano não significa que você não possa se interessar pela história do leite em nossa cultura ou pelas condições em que os porcos são mantidos, muito pelo contrário. O objetivo é ir além das divisões políticas e militantes para colocar nossa comida em um contexto histórico, sociológico e cultural.”

 

Vale a leitura da entrevista completa da  “A tabula” (“plataforma plataforma digital de informação e opinião “pure player” sobre gastronomia na França e no exterior.) com Louise Katz pelo : https://www.atabula.com/2021/04/01/la-grenouille-a-grande-bouche-la-revue-qui-interroge-la-societe-et-raconte-lactualite-par-le-prisme-de-lalimentation/

 

Fonte : https://www.atabula.com/2021/04/01/la-grenouille-a-grande-bouche-la-revue-qui-interroge-la-societe-et-raconte-lactualite-par-le-prisme-de-lalimentation/

Imagem: site da revista “La granouille à grande bouche”.