24 de maio de 2021

Muito mais que a sua especialidade

Comer é complexo, a cadeia de alimentos é complexa, o setor dos alimentos e da alimentação é intricado, os atores envolvidos são diversos e têm visões e pontos de vistas distintos, mas cada um deve ter noção das particularidades do sistema de produção e ao menos da importância e seriedade de cada elo e ator da cadeia alimentar.

Um Nutricionista deve saber muito mais do que o paciente come.

Um Engenheiro de Alimentos deve saber muito mais do que os processo de produção de alimentos.

Um Engenheiro agrônomo deve saber muito mais do que o preparo da terra e colheita.

Um Zootecnista deve saber muito mais sobre a produção de animais.

Um Médico veterinário deve saber muito mais do que os cuidados com os animais.

Um Gastrônomo deve saber muito mais do que o preparo dos alimentos.

 

Um nutricionista deve saber de produção, de preço, de consumo, de comportamento, de ecologia, de política…e tudo o que envolva a disponibilidade de alimentos para os seus pacientes, ou restaurante.

Um Engenheiro de Alimentos deve saber sobre produção primária, comportamento, políticas, economia global, ecologia… e tudo que lhe faça pensar em alimentos diferenciados, sustentáveis e acessíveis para todos.

Um Engenheiro agrônomo deve pensar na prospectiva e perspectivas da produção primária para que o começo da cadeia seja mais valorizado, a produção cada vez mais sustentável e pensemos numa lógica de produção “one helth”.

Um zootecnista deve saber de política mundial, macroeconomia, mercado, preços, comportamento…e tudo o que lhe propicia pensar na produção animal de forma consciente.

Um Médico Veterinário deve saber de comportamento, modismos, sustentabilidade, preço, disponibilidade…e tudo o que lhe permita incentivar a produção e consumo consciente e sustentável de proteína animal.

Um Gastrônomo deve saber de patrimônio, de antropologia, de hábitos e consumos empíricos, de evolução da alimentação humana… e tudo que lhe permita pensar na produção de pratos e menus sustentáveis, acessíveis e que valorize o consumo loca, o que temos à mão.

E para os que pensam no amanhã, para os que querem fazer um mundo diferente, a Verakis idealizou o encontro de reflexão anual “Alimentação: avanços e contorvérsias”.

A edição de 2021 se encontra na pltaforma Verakis – Ensina : https://verakis-ensina.teachable.com/p/alimentos-avancos-e-controversias-2021

 

Vamos refletir, vamos pensar num mundo dos alimentos e da alimebtação melhor, justo, honesto, equilibrado e lúcido.

 

Juliana T. Grazini dos Santos – Presidente Verakis

 

 

Imagem: Free-Photos