29 de August de 2022

Lixo Alimentar: Que caminho deveria seguir o meu?

Da casca de cebola à borra de café, todo o resíduo daquilo que comemos segue um caminho depois de deixar as nossas cozinhas. Contudo, alguns destinos do lixo alimentar são melhores que outros. O resíduo orgânico de alimentos, se depositado em local inadequado, pode causar impacto negativo no meio ambiente, contribuindo para a poluição do ar, degradando o solo e contaminando a água.

 

O QUE É A GESTÃO DO LIXO ALIMENTAR?

Para aqueles que não estão familiarizados com o termo, a gestão do lixo alimentar é o planejamento e controle dos resíduos de alimentos gerados desde a produção primária, até sua transformação, distribuição e consumo. 

 

E QUAL A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA GESTÃO?

A boa gestão do lixo alimentar dá o destino correto para os resíduos de alimentos, para que a matéria orgânica siga o ciclo natural de carbono, mantendo um equilíbrio nos ecossistemas, sem causar desbalanços como a poluição. A gestão contribui para a redução dos impactos ambientais, além de manter a salubridade dos ambientes urbanos e rurais, que não devem receber o descarte desse lixo.

 

MAS O QUE É PRECISO PARA UMA BOA GESTÃO DO LIXO ALIMENTAR?

Existem algumas estratégias de melhoria e exemplos de projetos de gestão do lixo orgânico.

Para ajudar nessa tarefa, inscreva-se no próximo Verakis Conecta sobre “Gestão do lixo alimentar – resíduos e medidas sustentáveis para o mundo”, que ocorrerá no dia 08/09/2022 às 13h00 (BR) / 17h00 (PT), contaremos com a presença de Cristina Manuela Silva Ferreira, formadora e consultora na área Agrícola e Alimentação Sustentável em diferentes empresas/instituições portuguesas e europeias, que apresentará os princípios e estratégias para a produção e gestão do lixo alimentar (orgânico) no mundo e na Europa.

Link para inscrição: https://verakis.com/conecta/gestao-do-lixo-alimentar-residuos-e-medidas-sustentaveis-para-o-mundo/

Escrito por Lauren Yurgel , estudante de nutrição na URGS, estagiária Verakis.