27 de abril de 2021

Importância e funções dos drones na agricultura

Com o passar dos anos as tecnologias têm ocupado um espaço nos campos agrícolas, e com isso foi criado o conceito da agricultura de precisão, que surgiu como um sistema de gerenciamento de informações por meio das crescentes e tecnologias de referenciamento e posicionamento, como o GPS (Sistema de Posicionamento Global) e também o uso de tecnologias de sensoriamento remoto. 

Nesse sentido, houve um aumento da utilização de drones na agricultura, uma vez que o agronegócio é um dos setores que mais fazem uso dessa tecnologia. Por meio dessa ferramenta os agricultores conseguem avaliar as lavouras por diferentes ângulos, com a ajuda de câmeras e softwares especializados. 

 

Funções dos drones na agricultura 

  • Análises de plantação 

Com o uso de drones é possível analisar a plantação para detectar alguma praga, doenças, defeitos no plantio, entres outros aspectos que ajudam a estabelecer a qualidade do plantio. Sendo essa uma das técnicas mais usadas com o drone. Esse equipamento também é importante para mostrar a melhor área de plantio, visto que é possível observar a plantação nas alturas, facilitando as análises pelas imagens capturadas. 

  • Fiscalização de desmatamento 

O drone proporciona uma visão ampla de lugares de difíceis acessos. Sendo assim, essa ferramenta ajuda a observar os locais de desmatamentos, e por conta da sua precisão de localização, é possível combatê-los.

  • Monitoramento de focos de incêndio 

Aproximação em locais de incêndios é uma tarefa perigosa para os humanos, mas os drones podem voar sobre os incêndios e destacar os focos de fogos para acessá-los. 

  • Aplicação e pulverização de pesticidas 

Esses equipamentos podem ser usados para aplicar produtos químicos. Por meio de uma programação no software são capazes de reduzir o uso de pesticidas, diminuindo o excesso, impacto ambiental e os gastos com pesticidas.

  • Segurança dos funcionários e plantação

As plantações costumam ser extensas e não possuem estruturas para serem colocados equipamentos de segurança, como as câmeras. Os drones podem ajudar a fazer o monitoramento da plantação e detectar movimentações incomuns de pessoas e animais, garantindo a segurança dos funcionários e a qualidade da plantação. 

 

O uso dos drones tem inúmeras vantagens para a agricultura em razão que possuem alto custo-benéfico, por conta de na maioria das vezes o retorno dos investimentos é rápido. Esse equipamento permite o controle de toda a produção em áreas de difíceis acessos, consegue fazer capturas de imagens com alta resolução em diferentes alturas.

Os drones podem ser grandes aliados na plantação, pois auxiliam na excelência da produção de alimentos. Dessa maneira essa tecnologia tem indicado resultados satisfatórios para a agricultura de precisão, tornando-se um diferencial para os produtores que têm  interesse em automação.

 

Saiba mais

Para a saber mais sobre “A tecnologia no campo: uso de drones na agricultura” participe do Verakis Conecta do dia 12/05/2021 às 12h00 (Horário de Brasília) / 16h00 (PT). 

A aula será ministrada pelo Professor Lucio Jorge, pesquisador da Embrapa, desde 1990, doutor em Processamento de Sinais e Instrumentação pela SEL-EESC-USP; especialista em Geoprocessamento pela UFSCar, professor na Universidade Mayor do Chile desde 2012 no Mestrado em Teledetecção.

Ele tem experiência no desenvolvimento de softwares de processamento de imagens, reconhecimento de padrões e inteligência artificial,  aplicados na Agricultura, Agricultura de Precisão, Geoprocessamento, Monitoramento agrícola, sensoriamento remoto, estudo de raízes, folhas, doenças e deficiencias de plantas, desenvolvimento de VANT (veículo aéreo não tripulado) ou drones para uso agrícola.

 

 

Escrito por Renata Lênnen – aluna da UFMT, estagiária Verakis, Embaixadora líder do Verakis Conecta.