30 de julho de 2020

Coronaleitura 1

Neste post proponho um conjunto de textos que constituem, em minha opinião, uma revisão da excelência dos diferentes aspectos relacionados à Covid-19, e que são facilmente acessíveis no ambiente on-line.

O primeiro, embora antigo, é um clássico que deve ser citado:  foi publicado na Nature e constitui uma investigação que já alertou para o risco de uma epidemia liderada por coronavírus, na qual foram mencionados os mecanismos de recombinação do coronavírus em morcegos, que facilitou a transmissão ao vírus. homem.

Link para artigo 1 : https://www.nature.com/articles/nm.3985.pdf

O segundo e terceiro artigos, são umas das revisões mais completas e abrangentes realizadas nos últimos meses, publicado no “journal of clinical microbiology” (o segundo artigo) enas análises “PLOS pathogens” (o terceiro artigo), referentes à epidemiologia, virologia, fisiopatologia e sequência da epidemia.

Link para o artigo 2: https://cmr.asm.org/content/33/4/e00028-20

Link para o artigo 3:https://www.cell.com/cell-host-microbe/pdf/S1931-3128(20)30290-0.pdf?_returnURL=https%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS1931312820302900%3Fshowall%3Dtrue

Sobre virologia, dois dos artigos publicados mais relevantes foram publicados nos meses de abril e maio na revista “Cell”, que já se tornaram dois verdadeiros clássicos  que descrevem a espícula do vírus e o papel do receptor ACE-2, e sua distribuição no sistema respiratório.

Link para o artigo 4:https://www.cell.com/cell/pdf/S0092-8674(20)30262-2.pdf?_returnURL=https%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS0092867420302622%3Fshowall%3Dtrue

Link para o artigo 5: https://www.cell.com/cell/pdf/S0092-8674(20)30675-9.pdf?_returnURL=https%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS0092867420306759%3Fshowall%3Dtrue

Do ponto de vista imunológico, duas revisões foram destacadas, uma publicada (sexto artigo) na “Immunity” e a outra  em “Journal of experimental medicine”(sétimo artigo), que abordam uma visão das respostas do sistema imunológico contra o SARS-VOC 2 e fornecem aspectos da patogênese da Covid-19.

Link para o artigo 6: https://www.cell.com/immunity/pdf/S1074-7613(20)30183-7.pdf?_returnURL=https%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS1074761320301837%3Fshowall%3Dtrue

Link para o artigo 7: https://rupress.org/jem/article/217/6/e20200678/151725/The-many-faces-of-the-anti-COVID-immune-responseA

Em relação às vacinas, uma revisão publicada na “Immunity” (oitavo artigo) aborda as dificuldades do processo em direção a uma vacina, e outra  publicada na “Nature”  (nono artigo) é muito útil para conhecer o processo.

Link para o artigo 8: https://www.cell.com/immunity/pdf/S1074-7613(20)30120-5.pdf?_returnURL=https%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS1074761320301205%3Fshowall%3Dtrue

Link para o artigo 9: https://www.nature.com/articles/d41586-020-01221-y

Por fim, um aspecto a ser considerado nas informações publicadas e distribuídas pela internet são as referências sobre o combate à desinformação, intoxicação por informações e infodemias científicas publicadas em “Nature”, artigo e editorial de grande importância. (décimo e décimo primeiro artigos)

Link para o artigo 10: https://www.nature.com/articles/d41586-020-01452-z

Link para o artigo 11: https://www.nature.com/articles/d41586-020-01550-y

 

Alberto Berga Monge – Madrid, 30 de Julho de 2020.

O Prof. Dr. Alberto Berga Monge, é médico veterinário espanhol, professor e colaborador Verakis, professor colaborador da Universidade de Zaragoza, auditor da União Europeia e diretor da AMB Consulting, e é dos correspondentes Verakis para acompanhar a evolução do setor dos alimentos durante o desconfinamento europeu.

 

Foto:congerdesign