5 de agosto de 2020

Suco de fruta e legumes franceses deixam de ser desperdiçados

Entre 5 e 10% das frutas e legumes nunca chegarão às prateleiras, deixando de atender aos critérios – aparência e tamanho – da grande distribuição, e a NoFilter, desde 2017, já processou mais de 30 toneladas de frutas e legumes  que seriam descartadas, jogadas no lixo.

A NoFilter, compra frutas e legumes não vendidos de agricultores franceses, jardineiros e arboristas, os transforma em sucos artesanais naturais.

“Hoje, cerca de 1.000 agricultores são parceiros do NoFilter”, explica Marin Mulliez, fundadora da empresa. “Graças à nossa ferramenta de transformação, oferecemos pontos de venda adicionais e lutamos contra o desperdício de alimentos, enquanto os apoiamos em sua transição ecológica. Estou ciente desses problemas há muito tempo, sou de uma família de agricultores. ”

“Maçãs muito pequenas, cenouras, tomates … Não temos uma meta de produção de suco a cumprir, estamos monitorando os estoques disponíveis. Por exemplo, durante o confinamento, um produtor nos disse que tinha 10 toneladas de pepino para vender. Em seguida, desenvolvemos um novo suco. “

Atualmente, a NoFilter trabalha com agricultores nas regiões de Centre-Val-de-Loire e País do Loire. Em breve, a empresa se estabelecerá em novos territórios, o que permitirá agregar valor a várias frutas e vegetais não vendidos. “Estamos considerando outros tipos de produtos, sopas, ketchup ou batatas fritas para impedir que as produções acabem na lixeira”.

A start-up deseja continuar sua lógica de circuito curto de produção, ou seja, transformar produtos próximos aos campos onde são cultivados.

 

Mais informações sobre NoFilter 

 

Foto: Site  Nofilter