31 de agosto de 2021

O nutricionista e o alimento que a gente come

Desde o início do século 20, a ciência da nutrição, assim como os profissionais que a praticam, vêm ganhando cada vez mais importância graças à descoberta pelas populações de todas as doenças relacionadas à alimentação e nutrição no mundo.

O estudo da nutrição dos seres vivos, e especialmente dos humanos, é uma ciência real cujas origens remontam à antiguidade. Platão fala disso quando se interessa pela escolha dos alimentos, embora o faça de uma perspectiva hedonista, e Hipócrates previu a existência de uma relação entre dieta e certas doenças.

Mais tarde com os estudos de Lavoisier (1743-1794) sobre o relação entre o processo de respiração e o metabolismo dos nutrientes (mais particularmente a combustão do oxigênio), depois com os estudos de Laplace (1749-1827) em cobaias, e o desenvolvimento da química moderna, as funções da nutrição tornaram-se conhecidas e, portanto, tornou-se uma disciplina de biologia. (Grazini dos Santos, 2007)

A ciência da nutrição está no cruzamento de várias ciências que são responsáveis ​​pelo estudo dos seres vivos e de sua relação com os alimentos e seus nutrientes.

Ela está envolvida, entre outras coisas, no estudo das especificidades biológicas dos alimentos e sua relação com a saúde dos indivíduos. Tem interesse também no estudo dos processos de contaminação bem como na prevenção desta contaminação, na cultura de alimentos, na criação de animais de consumo, nos processos de preparação, embalagem, distribuição, consumo, política de preços dos alimentos; e, finalmente, ao comportamento de indivíduos ou grupos sociais em relação à alimentação.

O alcance e a complexidade desta ciência são tais que somos levados a abordá-la assim que falamos de bioquímica ou fisiologia, mas também de psicologia, sociologia, economia e até mesmo política.

 

Como alguém se torna nutricionista ?

No Brasil, a nutrição é uma disciplina autônoma, e os profissionais possu formação geral e especializada em ciências da nutrição. Com exceção dos profissionais de nível superior ao correspondente ao grau de mestre em França, nenhum outro profissional sem diploma em nutrição pode exercer esta profissão.
Ao lado do nutricionista, o técnico em nutrição e dietética é um profissional com formação técnica em nutrição, que auxilia a nutricionista no estabelecimento, onde ocorre o processamento de alimentos, dirigindo, coordenando e controlando a execução técnica das atividades. Ele também pode participar da compra, venda e utilização de produtos e equipamentos necessários. Finalmente, ele pode participar de projetos e pesquisas na área.

Segundo o Conselho Nacional de Educação – Câmara de Ensino Superior do Ministério da Educação e Cultura (MEC) do Brasil, o curso de graduação em nutrição “deve formar profissionais nutricionistas, seguindo uma formação generalista, humanista e crítica, desenvolvendo certa capacidade para o trabalho , visando a segurança alimentar e a atenção à dietética, em todas as áreas do conhecimento em que a alimentação e a nutrição sejam consideradas fundamentais para a promoção, manejo e recuperação da saúde, bem como para a prevenção de doenças de indivíduos ou grupos populacionais, enquanto contribuir para a melhoria da qualidade de vida, alicerçada em princípios éticos, de acordo com a realidade económica, política, social e cultural. ”

No Brasil os cursos de graduação tem duração de 4 a 5 anos em universidades públicas ou particulares.

Onde trabalha um nutricionista ?

O nutricionista pode trabalhar com , nutrição em alimentação coletiva, nutrição clínica, nutrição em esportes e exercício físico, nutrição em saúde coletiva, nutrição na cadeia de produção, na Indústria e no comércio de alimentos,  nutrição no ensino, na pesquisa e na extensão.

Esse profissional vem ganhando importância visto que a sua atuação tanto em consultórios particulares, quanto em uma indústria de alimentos oferece a oportunidade de impactar na alimentação de milhares de pessoas diariamente. Além disso vale ressaltar que compete ao nutricionista, também, orientar produtores de alimentos quanto à forma adequada de higienização, acondicionamento e transporte para a redução de perdas e melhor conservação das suas propriedades nutricionais. Dessa forma, pode-se observar a presença do nutricionista no eixo do “campo à mesa”.

Como se chama o nutricionista pelo mundo:

– Na França, dietéticien ou  nutritionniste; 

 – Na Itália, dietista;

– Na Espanha, dietista;

– Em Portugal, nutricionista.

 

Nos dias de hoje, o Nutricionista é um profissional da área da saúde que estuda os alimentos, o efeito que eles produzem em nosso organismo de forma a promover a saudabilidade de pessoas sadias ou enfermas.

Ele também é habilitado para reeducar a alimentação das pessoas, incentivar os bons hábitos alimentares, acompanhar o desenvolvimento de produtos alimentícios saudáveis,  orientar a população a fim prevenir, controlar e até amenizar sintomas de algumas doenças, de modo a contribuir positivamente com a saúde pública.

A “nutrição” vai muito além de um processo fisiológico do ser humano. 

 

Escrito por : Rebeca Novais Brandão, Embaixadora Verakis Conecta, aluna dos curso de Ciência dos Alimentos e Nutrição da UFMT.

 

Fontes:

CONSELHO FEDERAL DE NUTRIÇÃO. Dispõe sobre a definição das áreas de atuação do nutricionista e suas atribuições, indica parâmetros numéricos mínimos de referência, por área de atuação, para a efetividade dos serviços prestados à sociedade e dá outras providências. Resolução nº 600 de 25 de fevereiro de 2018, Brasília. Disponível em: https://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/resolucoes/Res_600_2018.htm. Acesso em: 03 de ago. 2021.https://opdq.org/qui-sommes-nous/deux-titres-une-profession/

TOLOZA, D. C. Nutricionista: um histórico da profissão até os dias atuais. Monografia (Especialização). Universidade de Brasília. Brasília. 2003. Disponível em: https://bdm.unb.br/bitstream/10483/278/1/2003_DanielaCervoToloza.pdf

https://secad.artmed.com.br/blog/nutricao/industria-de-alimentos-possibilidades/

http://www.andid.it/dietista

https://opdq.org/qui-sommes-nous/deux-titres-une-profession/

Imagem :  BONDART PHOTOGRAPHY