25 de May de 2020

Mais consideração para os setores da alimentação aérea e ferroviária na França

Os atores  de catering aéreo e ferroviário  franceses se uniram e para pedir mais consideração.

A Newrest, Servair e LSG, três atores do setor de catering ferroviário e aéreo, decidiram unir forças e criar a Aliança de empresas de catering aéreo e ferroviário (AMRAF), a fim de serem ouvidos e defenderem seu setor, que emprega mais 12.200 funcionários na França.

Acusando uma queda na atividade de 93% desde o início da pandemia, Olivier Sadran, presidente fundador da Newrest, Alexis Frantz, gerente geral da Servair e Xavier Muller, presidente da LSG França, pedem ao governo francês  para que os mesmo inclua o setor do catering aéreo e ferroviário nas discussões em curso, realizadas com profissionais dos setores de turismo, restauração e transporte, com o objetivo de estudar, evitar a ruptura e malhorar a volta às atividades depois do desconfinamento.

Eles gostariam de ” também ser beneficiados com as medidas estudadas para ajudar esses setores”, como “cancelamento de encargos sociais e fiscais”, a “continuação da cobertura do desemprego parcial nas condições atuais após 1º de junho”, e as “medidas específicas a serem adotadas como parte do plano de recuperação em setembro”.

O setor dos alimentos é vasto, é grande é complexo e atende muito setores e nenhum deve ser esquecido neste momento peculiar.

 

Foto:Aureliy