31 de julho de 2020

Coronaleitura 2

Com esta segunda lista de proposta de leitura, finalizo a seleção que fiz das mais de cem indicações  que o Instituto de Saúde Carlos III publicou.

Aproveitem!

Em primeiro lugar (1) publicado na “Science” que aborda uma proposta para o desenvolvimento de drogas que podem ser eficazes no tratamento do coronavírus, inibindo suas proteases.

Link para o artigo 1: https://science.sciencemag.org/content/368/6497/1331 3.

Em seguida, um grupo de artigos (2,3, e 4) publicados na “Nature Medecine” e “The Lancet”, que falam da mortalidade de pacientes com câncer, pela Covid-19, analisando conjuntamente mais de 2000 pacientes.

Link para o artigo 2:https://www.nature.com/articles/s41591-020-0979-0 4.-

Link para o artigo 3: https://www.thelancet.com/pdfs/journals/lancet/PIIS0140-6736(20)31173-9.pdf 5.-

Link para o artigo 4: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)31187-9/fulltext

Depois um artigo (5) publicado em “Nature Medecine” que  compara  pessoas assintomáticas com não assintomáticas, indicando que a diferença seria encontrada não na carga viral, mas na resposta imune do primeiro.

Link para o artigo 5: https://www.nature.com/articles/s41591-020-0965-6

O outro artigo (6),  publicado no “Cell stem cell” descreve o desenvolvimento de organoides que permitem estudar o efeito da Covid-19 em humanos.

Link para o artigo 6: https://www.cell.com/cell-stem-cell/fulltext/S1934-5909(20)30282-4?_returnURL=https%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS1934590920302824%3Fshowall%3Dtrue

O seguinte (7), publicado na “Lancet infectious disease” analisou um modelo matemático para simular a evolução de um caso com base em diferentes condições.

Link para o artigo 7: https://www.thelancet.com/journals/laninf/article/PIIS1473-3099(20)30457-6/fulltext

Publicado no “The new england journal of medicine” (8) usa técnicas maciças de sequenciamento genômico para identificar duas regiões genéticas associadas a uma pior evolução da Covid-9.

Link para o artigo 8: https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa2020283?query=featured_coronavirus

Por fim, o artigo (10) publicado na “Cell” revela a geração de modelos de camundongos transgênicos para melhorar os estudos da resposta imune contra o vírus. E o artigo (11) também publicado na “Cell” refere-se ao desenvolvimento de uma vacina contra vírus inativado.

Link para o artigo 9: http://- https://www.cell.com/cell/fulltext/S0092-8674(20)30741-8?_returnURL=https%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS0092867420307418%3Fshowall%3Dtrue

Link para o artigo 10 : https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S009286742030742X

Alberto Berga Monge – Madrid, 31 de Julho de 2020.

O Prof. Dr. Alberto Berga Monge, é médico veterinário espanhol, professor e colaborador Verakis, professor colaborador da Universidade de Zaragoza, auditor da União Europeia e diretor da AMB Consulting, e é dos correspondentes Verakis para acompanhar a evolução do setor dos alimentos durante o desconfinamento europeu.

 

Foto: webandi