7 de September de 2022

A Política Agrícola Comum à luz dos cidadãos

Em 23 de junho de 2022, a União Europeia publicou seu “Eurobarômetro” referente à PAC (Política Agrícola Comum), com pesquisas realizadas quando o conflito ucraniano durava apenas algumas semanas.

Quase metade dos europeus pensa que garantir um abastecimento estável de alimentos na U.E., em todos os momentos, deve ser um objetivo prioritário da PAC. Isso representa um aumento de 6 pontos em relação ao ano de 2020.

Além disso, 55% dos inquiridos acrescentam que a PAC deve contribuir para garantir preços razoáveis ​​aos consumidores. Desde 2020 esta opinião ganhou adeptos em mais de 20 países.

O Eurobarômetro destaca também a percepção pública de que as alterações climáticas estão a afetar cada vez mais a atividade agrícola.

Na verdade, 92% dos europeus concordam que eventos climáticos extremos, como inundações e secas cada vez mais severas, podem afetar o abastecimento alimentar e a segurança alimentar da UE. Embora uma parte importante dos pesquisados ​​destaque que a agricultura já tem contribuído significativamente para o combate às mudanças climáticas.

Seis em cada dez europeus, ou 60%, dizem estar dispostos a pagar mais por produtos agrícolas que são produzidos de forma a limitar a sua pegada de carbono, o que representa uma redução de 6 pontos percentuais desde 2020.

Por outro lado, mais de oito em cada dez europeus citam uma cadeia de suprimentos curta como um fator importante em sua decisão de compra.

Sete em cada dez consideram que a União Europeia, através da PAC, está a cumprir a sua função de garantir uma forma sustentável de produzir alimentos.

Pensamos que essas afirmações são mais desejo do que realidade.

Quando questionados sobre os produtos biológicos, 92% dos europeus pensam que são mais caros do que outros produtos alimentares. Pouco mais de 40% acham que é difícil encontrar esses produtos em suas lojas, embora existam diferenças significativas entre os países da união, assim essa afirmação diminuiu em mais de 15 países da U.E.

Mais de 90% dos entrevistados acham que a agricultura e o mundo rural são importantes para o nosso futuro.

Outras questões também discutidas no Eurobarômetro são o comércio internacional, rótulos de qualidade e necessidades alimentares especiais.

Alberto Berga Monge – Madrid, 07 de setembro de 2022.

O Prof. Dr. Alberto Berga Monge é médico veterinário espanhol, professor e colaborador Verakis, professor colaborador da Universidade de Zaragoza, auditor da União Europeia e diretor da AMB Consulting, e escreve para o blog da Verakis.

Fonte : https://europa.eu/eurobarometer/surveys/detail/2665

Imagem: Bigstock