20 de maio de 2020

A Comida pelas Palavras: Por que Nutrição?

Por que Nutrição?
(Postagem para LinkedIn)

Eu faço o que faço porque cresci dentro da cozinha. Fui inspirada pela minha família. O momento da refeição sempre foi importante. Dar alimento era tão relevante, que desde pequena aprendi que, durante a semana, a distribuição gerava renda. Aos domingos, sopa e pão para quem não tinha.

Todos merecem ter uma boa refeição. Hoje, para mim, a refeição vai além de um prato de comida, ela é resultado de muito trabalho e empenho. Estudar nutrição não se limita à saúde de um indivíduo. Para irmos a fundo é preciso pensar coletivo.

Por que sou Nutricionista

Eu faço o que faço porque admiro as pessoas que estão no campo, estradas, feiras e restaurantes do mundo.  Eu quero dar exemplos que mostrem a origem da comida, se é produzida com qualidade e apresentada com o devido respeito e transparência.

A técnica dietética, é a sistematização e estudo dos procedimentos a fim de obtermos a plena utilização e preservação dos alimentos. Assim como as tecnologias e modificações que acontecem até o consumo final. Com essa ciência podemos tornar o alimento mais atraente, higiênico e econômico. Inicialmente descrita por Philippi em 2006, atualmente precisamos modernizar e difundir suas técnicas.

Sobre o texto

Texto desenvolvido durante o atelier “A Comida pelas Palavras” como exercício prático desta formação com a orientação e revisão da Fernanda Pompeu do “Acelera texto”.

Sobre a autora:

A Comida Pelas Palavras - Alice Vidigal

Alice Vidigal, é nutricionista, formada pela Unip Vergueiro, São Paulo. Especialista em marketing de alimentos e empreendedorismo pela Verakis, em Portugal e também foi aluna da Verakis no ateliê “A comida pelas palavras” (Verakis Online Turma 01/2020).

Apaixonada pela pesquisa em políticas e consumo de alimentos. Desenvolve projetos em restaurantes e hotéis, com foco na gestão de recursos e produção.

Instagram: Elevando Nutrição