16 de novembro de 2020

Tendência no setor dos alimentos – Sial Insight 2020

O SIAL (Salão Internacional de Alimentos) Paris costuma ser uma fonte de inspiração para  os atores do setor.

… Descubra com exclusividade as últimas tendências e inovações em seu setor.

O adiamento para 2022 da

A edição do Sial Paris 2020, inicialmente prevista para este outono, e colocada sob o tema # Ownthechange *,  foi adiada para 2022 em função das medidas de contigência da pandemia de Covid-19, mais a Comexposium organizadora do salão não deixou os frequentadores deste reputado salão na mão.

Para manter contato com o setor agroalimentar, para decifrar as tendências,  antecipar, compartilhar e apoiar a recuperação e transformação de players em escala global, por meio de uma videoconferência no dia 20 de outubro, os gerentes dos três escritórios de design parceiros da Sial compartilharam os resultados do grande estudo Sial Insight realizado em nível global para fazer um balanço da situação, sobre o que teremos no futuro.

Se as tendências de 2018 – o bom, o sabor, o real, o significado – continuam completamente relevantes, as análises de 2020 também mostram que houveram algumas mudanças leves.

Seguem algumas tendências apresentadas apontou sobre as tendências apresentadas no Sial Insight 2020 que a Verakis participou.

  • Os consumidores estão mais engajados e que querem mudar de modelo e modo de consumo;
  • Os consumidores estão mais preocupados e atentos;
  • A preocupação com a saúde e o meio ambiente e a relação com a produção e consumo de alimentos é explícita;
  • Os consumidores procuram prazer, conforto e autenticidade nos e pelos alimentos;
  • Os consumidores buscam alimentos que proporcionem  saúde e prazer
  • Simplicidade! Os consumidores procuram alimentos essencias, que os aproxime da natureza, com poucos ingredientes, que a comunicação seja transparente e que eles saibam o que estão comendo;
  • Circuit curto: os consumidores estão cada vez mais adeptos aos alimentos prpduzidos perto deles;
  • Os consumidores também estão cada vez mais conscientes da sazonalidade dos alimentos e fazem suas escolhas em função;
  • As refeições têm se tornado um modo de revindicação:
  • O novo consumidor pesa cada vez mais o custo benefício na hora de consumir alimentos. Este custo benefício agora tem a ver com sustentabilidade, saúde, solidariedade na cadeia produtiva de alimentos, e transparência dos processos e produtos.

 

Para quem acessar a apresentação: https://www.sialparis.fr/Tendances/SIAL-Insights